Quatro dicas para se exercitar ao ar livre

A rotina de exercícios dentro de uma academia pode se tornar, muitas vezes, chata e cansativa.
Por isso, intercalar dias de exercícios ao ar livre é capaz de aliviar o estresse e entrar tranquilamente no dia a dia ou em momentos de lazer. Inclusive, a busca por exercícios externos já foi observada como tendência em diversas cidades ao redor do mundo, que investem cada vez mais nesses espaços para combater o sedentarismo e melhorar a qualidade de vida da população.
Confira quatro dicas que podem ajudar na prática mais saudável de atividades físicas em espaços abertos:
1 – Inicie sem medo
Muitas pessoas evitam começar algum tipo de atividade por receio de estar “enferrujado”, sem a preparação necessária. Porém, com calma é possível ingressar na vida fitness de forma tranquila. A evolução dos treinos deve ser gradativa.
Nada de se esforçar demais no primeiro dia. Caminhadas e alongamentos são ótimos para uma retomada ou iniciação. Sugere-se que iniciantes façam 20 minutos de caminhada – quem já está mais treinado pode intercalar corrida e caminhada por até 30 minutos.
Uma opção é correr por dois minutos e caminhar três até completar o tempo total – sempre respeitando os limites de cada pessoa.
2 – Proteja a pele
Apesar da arborização de praças e parques, o protetor solar é indispensável – principalmente nos horários mais quentes do dia, entre 10h e 16h.
É importante passar o bloqueador tanto no rosto quanto no corpo. Se possível, dê preferência aos treinos nos períodos do dia em que a temperatura é mais amena, ou seja, de manhã cedo ou após as 16h.
A dica é utilizar protetores com FPS de pelo menos 30, a fim de evitar queimaduras provocadas pela exposição solar.
3 – Preze pelo conforto
É de extrema importância utilizar trajes adequados para malhar. A roupa deve, acima de tudo, ser confortável. Um dos erros é usar tênis ou roupas apertados demais, ou trajes que façam a pessoa se sentir incomodada quando em movimento. Isso pode até mesmo comprometer o resultado.
Procure por um tênis com a ênfase correta na estabilidade, amortecimento e conforto, por exemplo, além de camisas que possibilitem a transpiração.
4 – Hidrate-se
A melhor dica é nunca esquecer de levar sempre uma garrafinha de água para manter o corpo bem hidratado. Dê preferência à água mineral, que é a ‘melhor amiga’ de quem se exercita. Sucos e outros líquidos não têm o mesmo poder de hidratação que a água.
Porém, frequentemente é possível se deparar com a falta do líquido durante o treino, visto que é exigida uma grande hidratação.
Nessa situação, percebe-se a importância da oferta de água pública de qualidade. Pensado exatamente para fornecer água filtrada, quente e gelada, de forma gratuita à população, o Icehot é um equipamento que funciona 24 horas por dia e melhora a vida de quem circula por locais públicos.
Além do mais, o mobiliário não necessita de investimento das prefeituras – que concede apenas água e energia elétrica para o funcionamento. O Icehot é prático, seguro e uma inovação que agrega qualidade de vida à população.
Texto: Exata Comunicação

Deixe uma resposta